Danças indianas folclóricas e clássicas – Nomes e características

Entre todos os países que existem, a Índia é com certeza um dos que apresentam a cultura mais mística e curiosa. As danças indianas são manifestações artísticas que representam toda a cultura e crenças daquele povo, de maneira alegre e envolvente.

A Índia é um país que possui grandes dimensões territoriais e mais de 1 bilhão de habitantes. Os idiomas oficiais são o hindi (falado por cerca de 70% da população) e o inglês, entretanto, existem mais de 20 dialetos nativos.

Essas características populacionais refletem na grande variedade de estilos de danças indianas folclóricas e clássicas, as quais apresentaremos a seguir.

Origem das danças indianas clássicas

A origem das danças indianas clássicas data de séculos atrás. Nos templos hindus localizados principalmente ao Sul da Índia, habitam as devadasis, jovens mulheres que dedicam suas vidas a adoração do deus Shiva.

Segundo as crenças do hinduísmo, Shiva é um poderoso deus, conhecido por promover a regeneração da energia vital das pessoas. Entre suas atividades e orações, as devadasis (também conhecidas como bailadeiras) praticavam as danças indianas religiosas em meio as cerimônias que ocorriam nos templos.

Essas danças eram executadas com elementos teatrais, contando a história da religião hindu através dos passos e movimentos corporais. A seguir, apresentaremos dois exemplos de danças indianas clássicas.

Bharatnatyam

O Bharatnatyam é a mais famosa dança indiana clássica, originária da província de Tamil Nadul, localizada no sul da Índia. Criada pelas devadasis que habitavam os templos hindus há mais de 6000 anos, é dançada tradicionalmente apenas por dançarinas. O Bharatnatyam é a mais antiga das danças indianas, sendo considerada a matriarca das demais.

Bharatnatyam-dança-indiana-clássica

Essa dança é caracterizada principalmente por suas coreografias peculiares: utilizando as mãos e os braços, as dançarinas formam figuras geométricas, como quadrados, losangos e triângulos. Seus passos consistem em batidas de pé conforme o ritmo e pequenos saltos.

O ritmo da dança é ditado pela música, tocada com flautas, violinos e instrumentos de percussão.Os trajes utilizados pelas dançarinas refletem algo semelhante aos utilizados pelas devadasis. São compostos por camisas de manga curta e calças indianas (ou longas saias rodadas), confeccionadas em seda, sempre em cores vivas e vibrantes.

Odissi

Odissi é uma das mais tradicionais danças indianas clássicas. Assim como a Bharatnatyam, sua origem é atribuída as dançarinas dos templos, mais precisamente o Templo do Sol, localizado em Konarak.

As características principais desse tipo de dança são os movimentos harmônicos e fluidos. Existem duas variações da dança Odissi: a Nritta e a Nritya. Na Odissi Nritta, as dançarinas realizam basicamente movimentos corporais artísticos, sem um significado específico.

odissi

Já na versão Nritya, os movimentos apresentam características semelhantes a uma mímica, como se estivessem contando uma história. As expressões faciais fazem parte dos movimentos, cada uma delas contendo um significado diferente com relação ao estado emocional ou espiritual da dançarina.

Danças indianas folclóricas

Além das danças que utilizam como tema a manifestação religiosa, existem as danças indianas folclóricas, cuja temática é baseada nas lendas locais. Apresentaremos a seguir alguns exemplos desse estilo.

Kathak

O kathak é uma dança originária do Norte do país, e sua criação é atribuída aos nômades da antiga Índia, conhecidos como Kathaks. Esses nômades eram considerados “bardos”, ou seja, eram conhecidos como contadores de histórias, lendas e poemas, seja através da música ou de forma oral.

dança-indiana-folclórica

Os Kathaks costumavam se apresentar em frente aos templos hindus ou mesmo nas proximidades dos mercados, locais de grande circulação de pessoas. Através de suas histórias interessantes e expressões faciais teatrais, foram conquistando a admiração das pessoas, que rapidamente começaram a se interessar pela manifestação artística.

Com o passar dos anos, as histórias passaram a ser representadas não apenas por gesticulações e expressões faciais, mas também pela dança. Nos dias de hoje, o Kathak é considerado uma das mais interessantes danças indianas folclóricas, caracterizada por movimentos bastante expressivos, podendo ser dançada por homens e mulheres.  Os dançarinos transmitem aos espectadores toda uma história ou lenda através da dança.

Kathakali

Originária da província de Kerala, localizada ao Sul da Índia, o Kathakali é um tipo de dança que apresenta a seus espectadores as histórias e personagens da mitologia hindu. Seu nome é o resultado da junção entre duas palavras: katha (significa “história”) e kali (jogo).

O Kathakali é considerado a mais complexa das representações teatrais no mundo. Um dançarino pode passar anos estudando sobre a arte sagrada, devendo preparar-se fisicamente, mentalmente e espiritualmente. Fazem parte fundamental do espetáculo os trajes e maquiagens exóticos, evocando divindades indianas.

Os movimentos são realizados principalmente pelos braços, com movimentos lentos e discretos. Com as mãos, os dançarinos realizam gestos e sinais, contando assim a história por trás da representação. As expressões faciais, principalmente dos olhos, são características fundamentais desta que é a mais mística das danças indianas folclóricas.

Kathakali – a mais mística das danças indianas folclóricas

Continue conhecendo outras Danças Típicas

Gostou de aprender sobre as danças indianas folclóricas e clássicas? Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


doze − 4 =