Marujada de Bragança – dança dedicada a São Benedito

marujada-de-bragança

A marujada de Bragança é uma das mais conhecidas danças portuguesas. É bastante popular na região Nordeste do Brasil, fazendo parte da cultura local.

Origem

A origem da marujada de Bragança data do início do século XVI, sendo dançada em eventos de comemoração das conquistas marítimas e descobertas de novas terras. A dança foi inserida na cultura brasileira através dos imigrantes portugueses, sendo muitas vezes conhecida como fandango.

A cantoria e representações artísticas que acontecem no meio da dança são baseadas em relatos das tripulações das embarcações coloniais, apresentando temas como as vitórias em batalhas e até mesmo o sentimento pelo qual passavam quando avistavam terra firme.

Significado da dança

Contendo um apelo bastante dramático, a dança conta fatos que ocorriam na época do descobrimento do Novo Mundo, como a morte de marinheiros por doenças e até mesmo naufrágios. Apesar disso, a marujada de Bragança é conhecida por ser um tipo de dança portuguesa muito alegre e divertida.

Características da marujada de Bragança (Portugal)

A marujada de Bragança, em Portugal, é dançada exclusivamente por homens, vestidos de marinheiros. É uma representação da chegada dos marinheiros de volta para seus lares, depois de meses a fio em alto mar.

Também chamada de marujada masculina, é dançada da seguinte maneira: os dançarinos distribuem-se em linha e, ao ritmo da música, dão pequenas passadas, dobrando a perna para trás (como se o tornozelo fosse de encontro às costas da coxa). Além disso, vão balançando o corpo para os lados, dando passadas para a esquerda e direita.

Marujada do Pará (Festa de São Benedito)

Também conhecido como fandango brasileiro, a adaptação nordestina da marujada guarda certas diferenças com relação à portuguesa. A primeira delas é com relação ao significado: além de contar as histórias originais, no Brasil faz parte das festividades de São Benedito, padroeiro dos alimentos.

Mas a principal diferença com relação a marujada de Bragança portuguesa é a composição dos dançarinos: na versão paraense, pode ser dançada por homens e mulheres. As dançarinas são caracterizadas por suas vestimentas, muito bem elaboradas.

Geralmente vestem-se de branco, com longos vestidos rodados na cor vermelha. Utilizam chapéus altos e brancos, com fitas vermelhas. Já os homens, vertem-se todos de branco, utilizando chapéus na mesma cor, com uma fita vermelha.

Características da dança

marujada-de-são-benedito

A dança acontece da seguinte maneira: dançarinos dispostos em casais dançam de frente uns para os outros, movimentando-se em círculos em torno do próprio eixo. Em certo momento, seguram a mão um do outro e dão um giro. É uma apresentação muito bonita de se ver e possui muitos adeptos, sendo muito popular.

Origem da Marujada de Bragança paraense

Sua introdução no Brasil se atribui aos imigrantes portugueses, entretanto, sua popularidade se dá graças aos escravos negros da época. Conta-se que, na época, os negros pediram autorização aos senhores brancos para que pudessem montar grupos sociais para realizar danças em louvor a São Benedito.

Os senhores brancos permitiram e, para comemorar a conquista, os negros passaram a percorrer a vila inteira dançando de porta em porta. A partir de então, a marujada de Bragança passou a ser vista como uma dança muito popular e parte importante da cultura das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

 

Continue conhecendo mais DANÇAS TÍPICAS

Gostou de aprender sobre a marujada de Bragança? Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dezoito − 1 =