Dança Zouk profissional – Passos e movimentos | Origem

A dança zouk é uma manifestação artística originária do Caribe, mais precisamente de Guadalupe e Martinica, ilhas pertencentes ao departamento ultramarino da França. Por conta disso, as músicas que acompanham a dança são todas cantadas em crioulo, idioma oficial das ilhas, caracterizado por uma mistura da língua nativa local com o francês.

Origem

Trata-se de um estilo bastante popular não apenas na região do Caribe, mas também no continente europeu. Criado pelos afrodescendentes locais em meados da década de 1980, tem como base a mistura de makossa (representação artística dos subúrbios de Camarões) com o calípso (ritmo tipicamente caribenho).



No dialeto crioulo, a palavra “zouk” significa algo como “festa”. A dança zouk profissional é muitas vezes confundida com a dança kizomba, entretanto, guardam muitas diferenças entre si. A principal delas é o fato de que, na kizomba, o casal de dançarinos segue com os corpos em contato e realizando movimentos mais fechados, sendo esta uma dança mais íntima.

Já na dança zouk profissional, os dançarinos ficam mais afastados, realizando movimentos mais abertos e expressivos. Outra diferença fundamental se dá em sua origem: o kizomba é de origem angolana. Apesar disso, o zouk pode ser dançado utilizando as mesmas músicas da kizomba.

Dança zouk – passos e movimentos

Os passos e movimentos realizados na dança zouk profissional variam de lentos a até mais rápidos, dependendo do ritmo da música. Caracterizados principalmente pela transferência de peso do próprio corpo, os passos realizados pelos dançarinos são abertos e elaborados, apresentando movimentos de inclinação para trás e para os lados, incluindo movimentos rotacionais da cabeça.



Diferente do kizomba, onde um braço repousa nas costas do parceiro e o outro o segura sua mão, na dança zouk esse mesmo posicionamento é alternado com momentos em que os dançarinos seguram ambas as mãos um do outro.

Características principais

Basicamente, os passos da dança consistem em movimentos para frente e para trás. Dessa forma, a perna esquerda de um dos dançarinos posiciona-se de maneira que esteja sempre próxima à perna direita do outro, sendo que uma acompanha a outra no decorrer da apresentação, caracterizando-se principalmente pela flexão dos joelhos.

dança-zouk-passos-e-movimentos



Esses movimentos são intercalados com passos cruzados e em sentidos opostos. Uma característica marcante desse tipo de dança são os movimentos realizados pela região abdominal e pela cabeça, realizando movimentos rotacionais, para frente e para trás.

No Brasil

Assim como em diversas regiões do mundo, a dança zouk atracou no Brasil no final dos anos 1990 e rapidamente conquistou adeptos. Entretanto, a base da dança caribenha é composta por músicas do estilo lambada, o que acarretou em pequenas adaptações nos movimentos.

A principal diferença com a original se dá na velocidade dos passos e movimentos, sendo aqui mais lentos e fluidos. É curioso destacar que existem variações nos estilos de dança dependendo da região. Por exemplo, na região nordeste do Brasil, a dança zouk guarda muitas semelhanças com a lambada original.

Já no Rio de Janeiro, os passos são caracterizados por movimentos mais clássicos e teatrais, assemelhando-se a alguns tipos de balé. Em São Paulo, existe uma variação específica desse tipo de dança, conhecida como “lamba-zouk”, que apresenta influências da cultura hip-hop, o que a torna muito interessante.



zouk-no-Brasil

Dança Zouk love

Uma das variações mais populares da dança zouk no Brasil é a “zouk love”. Acompanhada por músicas que contam histórias românticas, essa variação é caracterizada por movimentos mais leves e sensuais. Por essas características, muitas vezes é confundida com a kizomba,  entretanto, guarda a mesma diferença fundamental da versão original: os dançarinos posicionam-se de maneira mais livre e distante entre si.

Benefícios da dança

Qualquer tipo de dança é recomendada como um exercício físico e mental. Entretanto, a dança zouk profissional não poderia deixar de ser citada para quem procura um exercício que reúna os elementos necessários para a manutenção do bom condicionamento físico e a interação social.

Por utilizar como base a transferência de peso corporal, assim como movimentos abdominais e do pescoço, é considerada como um exercício quase completo, que utiliza a maioria dos músculos e articulações do corpo humano.

Segundo estudos realizados por profissionais que atuam em academias, uma hora de dança zouk proporciona uma queima de cerca de 600 calorias, com a vantagem de ser um exercício de baixo impacto, ou seja, não sobrecarrega nenhuma articulação ou músculo em específico, podendo ser praticada por homens e mulheres de todas as idades. Além disso, é uma ótima oportunidade para conhecer uma cultura diferente.

Dança zouk profissional, atração caribenha

O Caribe é conhecido por suas belíssimas praias e paisagens naturais, atraindo milhares de turistas todos os anos. Nos luxuosos hotéis, restaurantes e boates locais, é comum presenciar apresentações de dança zouk profissional, empolgando os turistas com seus movimentos sensuais e dinâmicos.

Considerada um patrimônio cultural genuinamente caribenho, é dançada com orgulho pelo povo das ilhas, que são sempre acompanhados pelos turistas. Estes são facilmente atraídos pela alegria e descontração que só esse tipo de dança é capaz de transmitir, fazendo com que todos ali, mesmo sem se conhecer, passem a interagir e a se divertir juntos.

 

Continue conhecendo DANÇAS TÍPICAS

Gostou de aprender os passos e movimentos da dança zouk profissional? Compartilhe!

 




Continue lendo:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dezenove + dez =